Queremos te ouvir

Quando você fala, nós temos a oportunidade de conhecer o que você pensa e deixar o Amigovida ainda melhor.

Responda nossa pesquisa e dê sua opinião sobre os nossos serviços.

Alguma dúvida? Entre em contato! Matriz: 3566 2337 / 3533 0194 / 99916 3883 ou 99987 7516 (Whatsapp)

Pesquisa de satisfação

Excesso de peso em Videira é maior do que a média nacional

A saúde do videirense está em alerta. Dados coletados durante o 2º Hiperdia Solidário realizado no Parque Rio do Peixe no último dia 14 de maio,revelam que a Circunferência Abdominal (CA) e Índice de Massa Corporal (IMC) estão acima da média nacional. Já a Pressão Arterial (PA) está dentro dos padrões normais.

Essas informações já eram aferidas desde 2010 no Hiperdia, realizado pelo Laboratório Vida e as Farmácias Líder Farma, porém, esse foi o primeiro ano em que os dados foram computados através de um programa desenvolvido especialmente para o evento.

Segundo o farmacêutico e gerente da Líder Farma Wagner Moresco, os resultados dos exames das outras edições já demonstravam uma anormalidade, o que sempre foi motivo de preocupação por parte dos realizadores. Com o crescimento do Hiperdia e a fusão com o Dia Solidário, somado a novos parceiros e atividades, comprovou-se aquilo que já suspeitávamos, que a saúde do videirense merece mais cuidado.

A verificação de PA e Índice Glicêmico foi realizado pelos colaboradores do Laboratório Vida e da Líder Farma. Já o IMC e a CA foram aferidos pelos profissionais da Academia Cuore e o Programa Reeducali. Aproximadamente 500 pessoas realizaram os exames. O programa foi abastecido com as informações de 238 participantes acima de 19 anos. O que se observou, segundo a gestora e responsável técnica do Laboratório Vida Maribel Gaio, é que 61% dos videirenses examinados estavam com a PA dentro da variação normal.

O motivo de preocupação está na CA, quando 46% da população apresentou valores classificados como "Muito Elevado", 25% "Elevado" e apenas 28% "Normal".
Quanto ao IMC, 23% foram classificados com algum grau de obesidade e 42% estão com sobrepeso e apenas 31% foram classificados como normais. Enquando a média nacional é de 52% da população acima do peso normal, os dados coletados no Hiperdia Solidário demonstram que 65% dos videirenses estão com excesso de peso.

A nutricionista da Reeducali, Andréia Giacomin, justifica que vários fatores podem contribuir pra isso a começar pela própria pesquisa nacional que já aponta que a região sul apresenta valores maiores que as demais. A nossa cultura influenciada por italianos e alemães também possui costumes que também favorecem isso, como o consumo elevado de carboidratos e proteínas através de massas, carnes gordas e outros alimentos, além de outros fatores como a genética, o estresse e o sedentarismo.

Maribel destaca que mais importante do que o próprio conhecimento desses dados é o repasse de informações que ocorreu durante o evento. As pessoas foram orientadas a buscar hábitos de vida mais saudáveis e acompanhamento médico periódico, já que alguns casos como a CA elevada, é forte indicativo de que a pessoa tenha riscos de desenvolver problemas cardíacos.

 

Fonte/Autor: Ramon Gabriel - Departamento de Jornalismo da Rádio Vitória 

 

Você também pode gostar de...